Categorias
Plataformas Aéreas

Orientação em atividades realizadas em plataformas de trabalho aéreo

A escolha da plataforma aérea adequada é decisiva para a produtividade e segurança na obra ou manutenção. Esse equipamento acessa pontos altos com rapidez e segurança.

As plataformas aéreas são utilizadas para elevar pessoas e ferramentas em grande variedade de trabalhos em altura como instalações elétricas, manutenção de tubulações, pintura, limpeza, montagem e manutenção de estruturas, entre outros serviços. 

As plataformas são fabricadas em três tipos para atender as diferentes necessidades: lanças articuladas, lanças telescópica e tesouras. 

As plataformas de lança articulada são adequadas para acessar locais complexos sobre obstáculos  e pontos de difícil acesso, chegando a alcançar níveis elevados de altura, enquanto as telescópicas permitem ao operador o acesso rápido e direto a um ponto de trabalho. 

As plataformas aéreas tesouras são indicadas para ambientes internos como armazéns, centros de distribuição, galpões, em situações onde é necessário pouco alcance e altura, mas ampla área de trabalho e capacidade de elevação de carga. Possuem altura de trabalho de aproximadamente 15m. 

Aplicação e produtividade das plataformas aéreas 

Escolher o modelo correto é decisivo para viabilizar uma aplicação mais produtiva com segurança. Utilizar uma plataforma errada pode atrasar o serviço e aumenta os riscos no trabalho em altura. Esses equipamentos são versáteis, conforme a obra evolui, os modelos de plataformas aéreas precisam ser substituídos para se adequarem às fases seguintes. 

Em obras na construção civil, as plataformas aéreas de trabalho são utilizadas quando o tempo de execução dos serviços é reduzido. As plataformas (PTAs) são capazes de substituir, de maneira segura, os andaimes convencionais. 

Mas há situações onde o uso de restringe, principalmente, quando a quantidade de trabalhadores necessários para uma tarefa específica ultrapassa a capacidade de carga da plataforma. 

Capacitação e segurança na operação da plataforma aérea

Segundo o anexo 4 da NR-18, a operação das plataformas deve ser feita por pessoa qualificada para o tipo específico de equipamento utilizado. Isso significa que, se um operador for treinado para trabalhar apenas com lança articulada, não poderá operar uma tesoura ou lança telescópica.

Antes de iniciar o trabalho, todo operador deve fazer o teste no solo, verificar o funcionamento da plataforma, testar o painel de controle, os comandos de virar subir, descer, testar o telescópio e se todos os procedimentos estão adequados. 

O operador tem que saber reconhecer, entre outros fatores, as características do piso onde o equipamento será utilizado, o fluxo de movimento de pessoas e cargas no local de trabalho e se no ambiente há possibilidade de contato com fios elétricos.

Aluguel de plataformas aéreas de trabalho

A Andaimes Urbe é especializada na locação de equipamentos de acesso para construção civil e manutenção industrial. Contamos com uma frota de plataformas aéreas para realizar diferentes serviços em altura com total segurança e agilidade. Oferecemos soluções versáteis para todos os tipos de elevação de pessoas, seja com equipamentos articulados, individuais, tesouras ou pontas de lanças.  

A Urbe foi fundada em 1976, sendo uma das pioneiras no mercado de locação de equipamentos para construção civil. Hoje, sua área de atuação abrange São Paulo, Campinas, São José dos Campos e Vale do Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.